Carille aceita proposta do Al-Wehda e vai deixar o Corinthians

fabiocarilleO técnico Fábio Carille aceitou os caminhões de petrodólares oferecidos pelo Al-Wehda, da Arábia Saudita, e vai deixar o Corinthians. Ele será sucedido pelo auxiliar técnico Osmar Loss, treinador de sucesso na vitoriosa base corinthiana.

Enquanto a Fiel lamenta, os antis soltam fogos. Será que a saída de Carille vai finalmente colocar o Corinthians “no seu lugar”? -, perguntam-se entusiasmados.

Lembremos pois a eles que foi justamente assim que o “quarta força” emergiu de sucessivos desmanches para tirar o sono de Tia Leia e companhia.

Enquanto o Palmeiras era incensado pela mídia, nenhum técnico queria asumir o Corinthians.

Carille pegou um elenco dilapidado, caprichou na limonada e conduziu o Timão a improváveis conquistas, contra tudo e contra todos, subjugando inclusive o arquirrival.

Em meio a altos e baixos, em alguns momentos Carille teve mais sorte do que juízo, mas sua competência na condução do vestiário chamou a atenção.

O que mais impressionou em seu ano e meio de Timão foi a capacidade de reerguer o moral do elenco múltiplas vezes, quando tudo parecia perdido, como na reta final do Brasileiro de 2017 ou na decisão do Paulista de 2018.

De quebra, com seis vitórias em sete dérbis, Carille levou o Corinthians a igualar o retrospecto contra o Palmeiras pela primeira vez em 49 anos.

Seja como for, Carille ainda tem muitos caminhos a percorrer e muitos títulos a conquistar em sua carreira. Mas técnicos e jogadores passam; o Corinthians fica, então é bom os antis não se assanharem tanto assim.

3 thoughts on “Carille aceita proposta do Al-Wehda e vai deixar o Corinthians

  1. Na primeira passagem como técnico do Corinthians, o Carille fracassou e acabou dispensado. Na sua volta, mostrou sua capacidade de ser campeão. Carille não inventou a roda. Ele deu sequência a um projeto iniciado quando o Corinthians caiu pra série B do Brasileiro. De lá para cá, o Timão mudou sua história. Conquistou a Libertadores, o o segundo Mundial, alguns Paulistas e Copinhas e três Brasileiros. Também construiu um estádio novo e moderno, que foi palco da abertura da Copa do Mundo, e tornou-se o maior vencedor do futebol brasileiro deste século. Há muitas explicações para esse tremendo sucesso. Uma delas está dentro das quatro linhas e chama-se futebol. Nesse período, o Corinthians desenvolveu uma maneira de jogar bola que o Maradona chamou de mistura de futebol italiano com argentino, mas com cultura e jogadores brasileiros. O Corinthians, nesse período, se transformou na maior e na principal escola de futebol do país. Três técnicos se destacaram para o sucesso desse projeto: Mano, Tite e Carille. Que o Loss, que tantas Copinhas conquistou liderando a molecada, seja o quarto técnico de sucesso dessa cultura futebolística chamada Corinthians. A fórmula do sucesso já existe, foi implantada e não para de dar frutos. Boa sorte, Loss! Aqui é Corinthians e você sabe disso!

  2. Troca se mais uma engrenagem desse motor feroz e potente ,que em sua rotação mantém-se contínuo e eficaz ….Loss seja bem vindo e Boa sorte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *