Jogo 5.732: Corinthians bate Palmeiras no tempo normal e nos pênaltis e é bicampeão paulista

palmeiras 0 x 1 corinthians

(nos pênaltis, Palmeiras 3 x 4 Corinthians)

Depois de perder a partida de ida em Itaquera, o Timão foi ao Parque Antártica e venceu o Palmeiras no tempo normal e nos pênaltis para sagrar-se campeão paulista pela 29ª vez na história.

Se ontem foi um dia para o povo chorar, hoje é dia de alegria. O Corinthians venceu o jogo no tempo normal com um gol marcado por Rodriguinho a 1 minutos e 27 segundos de jogo, após grande jogada do jovem Mateus Vital pela esquerda.

Assim como aconteceu em Itaquera, o time visitante passou a controlar o jogo defensivamente com sua meta praticamente sem ser perturbada.

Se no jogo de ida o Palmeiras pôde fazer toda a cera do mundo, hoje a arbitragem quis ser mais rigorosa que de costume. E ia caindo no cai-cai de Dudu quando o Palhaço Chorinho certa hora caiu na área.

O árbitro Marcelo Aparecido resolveu marcar pênalti, mas foi salvo pelo quarto árbitro, que notou que Ralf tirou apenas a bola, sem fazer falta em Dudu.

Dá pra imaginar o choro porcolino depois que o juiz acertadamente voltou atrás.

Nervoso, o jogo arrastou-se até os 55 minutos no segundo tempo.

Nos pênaltis, Cássio pegou as cobranças de Dudu e Lucas Lima, mais uma vez sendo decisivo quando exigido. Fágner chegou a desperdiçar o gol do título, mas Maycon não decepcionou e o Corinthians conquistou seu 29º título estadual. Em plena casa do adversário. E pela primeira vez desde o biênio 1982/1983, durante a saudosa Democracia Corinthiana, o Timão é bicampeão paulista.

Agora, depois de dar o Palmeiras como campeão antecipado, a mídia anticorinthiana deve passar os próximos dias tentando desmerecer a conquista alvinegra. Que se danem!

Esta foi a quinta vez que o Corinthians conquistou o Campeonato Paulista em cima do Palmeiras. As outras quatro foram em 1929. 1954, 1995 e 1999. O Palmeiras levou a melhor em três ocasiões: 1936, 1974 e 1993.

Na disputa de direta mata-matas e jogos valendo taça, o placar agora é de 12 x 10 a favor do Timão.

E além de manter a vantagem tanto em Itaquera quanto no Allianz Parque, o Timão conquistou o Paulista em cima do Palmeiras pela segunda vez na história. A primeira foi em 1929.


Artilheiro do jogo: Rodriguinho |
Contra o Palmeiras |
O Corinthians em 2018 |
Pelo Campeonato Paulista |
| No Allianz Parque |
Sob o comando de Fábio Carille |
O Corinthians em 107 anos de história |


5 thoughts on “Jogo 5.732: Corinthians bate Palmeiras no tempo normal e nos pênaltis e é bicampeão paulista

  1. É sempre bom ser campeão. Mas conquistar o título virando a vantagem do arqui rival na casa dele é uma conquista grandiosa. Na véspera, o corinthiano mais ilustre do Brasil, o presidente que goste ou não dele mais fez pelo povo brasileiro, foi preso depois de um processo jurídico viciado e conduzido pelos interesses das elites econômicas do país. Pois neste domingo o Time do Povo foi à casa do atualmente time mais rico do país e, lá dentro, levantou a taça de campeão jogando com raça, união, humildade e categoria. Parabéns Corinthians, parabéns Fiel, parabéns Time do Povo!

  2. Sábado foi dia do povo chorar ? Engano seu meu caro. 84% da população brasileira achou justa a prisão de outro desonesto. Final de semana muito bom; o Brasil começando a punir seus corruptos pelo maior deles será exemplo aos menores.
    Sobre ontem, nem precisa falar nada: título histórico em cima dos racistas, arrogantes. Obrigado Corinthians pela alegria de ontem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *