Jogo 5.880: Com portões fechados, Corinthians só empata com o Ituano em Itaquera

1 x 1

O Corinthians apenas empatou por 1 x 1 com o Ituano na tarde deste domingo em Itaquera e praticamente cavou a própria eliminação do Campeonato Paulista ainda na primeira fase.

Mesmo sem atacar nem chutar ao gol, o Ituano abriu o placar quando Breno Lopes errou um cruzamento, pegou Cássio mal posicionado e a bola foi parar nas redes aos 15 minutos.

O Timão, que até pressionava até levar o gol, levou quase 15 minutos para se recuperar do baque de sair atrás justamente em seu 200º jogo na Arena Corinthians.

O empate veio quase por acidente, numa saída de bola interceptada por Everaldo no último lance do primeiro tempo. O atacante tocou para Luan igualar o marcador.

Quem esperava um Corinthians mais enfático no segundo tempo, apesar dos portões fechados como medida de segurança pela pandemia de coronavírus, mais uma vez se decepcionou.

Se com a Fiel nas arquibancadas a coisa já não anda bem, nem os alto-falantes do estádio reverberando durante quase todo o tempo os gritos conhecidos das organizadas foram suficientes para compensar a ausência de torcida.

Uma pressão desordenada não levou a nada muito além de algumas jogadas nas quais a bola desviava na defesa adversária, sempre para longe do gol.

Com o resultado, o Corinthians chega a seis jogos sem vencer no Campeonato Paulista. Agora, só uma combinação improvável de resultados ruins dos adversários mesclada a vitórias que não vêm levará o Corinthians às quartas-de-final do Paulistão.

Com isso, um início de ano que parecia promissor foi precocemente interrompido pela lesão de Ramiro, que não é nenhum craque, mas vinha numa boa fase e dava mais liberdade para Luan.

Desde a animadora vitória sobre o Santos, o Corinthians parece piorar a cada partida que passa. E Tiago Nunes, que certamente não tem culpa pela limitação do elenco e pelos erros de decisão cometidos por diretores e jogadores, não tem se ajudado com as escalações iniciais nem com as substituições.

Pior do que a provável eliminação precoce é constatar que, se não fizer ao menos sua parte nas duas partidas restantes, o Corinthians talvez ainda flerte com um inédito – e absurdo – rebaixamento no Campeonato Paulista.

Especulações negativas alimentadas pelo péssimo desempenho em campo.

Aproveitamento em casa cai – Bastante ilustrativa do atual momento corinthiano é a queda do aproveitamento em casa. O Timão completa 200 jogos na Arena Corinthians com aproveitamento de 70,5% dos pontos disputados.

Não parece pouco, mas representa uma queda acentuada se nos lembrarmos de que, ao completar 100 jogos, o aproveitamento mosqueteiro em Itaquera era de exatos 77% e chegou a impressionantes 83% quando o Timão completou 80 partidas na nova casa.

Para não perder o hábito – O mesmo pé alto que levou à expulsão de Pedrinho numa tentativa de bicicleta contra o Guaraní do Paraguai não é considerado da mesma maneira quando os adversários chutam impunemente o rosto de atletas corinthianos, como aconteceu com Boselli contra o Novorizontino e hoje com Camacho.


Artilheiro do jogo: Luan |
| Contra o Ituano |
O Corinthians em 2020 |
| Em Itaquera |
Sob o comando de Tiago Nunes |
| Na história do Campeonato Paulista |
| O Corinthians com portões fechados |
O Corinthians na história |


One thought on “Jogo 5.880: Com portões fechados, Corinthians só empata com o Ituano em Itaquera

  1. Lutando pra não cair no Paulista. É esse o resumo dessa campanha vexatória da qual não se salva ninguém. Nem diretoria nem jogadores nem comissão técnica. Lutar pra não cair é um vexame histórico. Uma vergonha sem proporções.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *