Jogo 5.880: Estéril, Corinthians empata fora com Novorizontino

1 x 1

O Corinthians foi a Novo Horizonte na noite deste sábado e apenas empatou por 1 x 1 com o Grêmio Novorizontino.

Enquanto Mauro Boselli apanhava implacável e impunemente, o Timão começava bem e abria o placar com Gil, que completou de cabeça uma falta batida por Fágner aos 19.

No entanto, bastou uma pressãozinha mequetrefe para que o Grêmio Novorizontino chegasse ao empate apenas cinco minutos depois em lance iniciado numa cobrança de lateral.

Do empate em diante, enquanto a arbitragem permitia a pancadaria – Léo Baiano deveria ter sido expulso logo no começo do jogo por chutar a cabeça de Boselli – e a cera do time da casa, o Corinthians pouco conseguiu criar.

Os dez dias de descanso forçado na tabela de nada serviram para que o Corinthians se mostrasse mais ousado ou incisivo. Conseguiu um gol de bola parada e nada mais.

Em vista da praga de pernas-de-pau empesteando o elenco alvinegro, pouca culpa se pode atribuir à comissão técnica comandada por Tiago Nunes. Ele é técnico, não mágico.

Os responsáveis por isso estão na administração do clube, aparentemente mais interessada em negociatas com empresários amigos do que em manter um elenco à altura da história corinthiana.


Artilheiro do jogo: Gil |
| Contra o Grêmio Novorizontino |
O Corinthians em 2020 |
| Em Novo Horizonte |
Sob o comando de Tiago Nunes |
| Na história do Campeonato Paulista |
O Corinthians na história |