Jogo 5.713: Corinthians estreia no Paulista com derrota para a Ponte em volta ao Pacaembu

corinthians 0 x 1 ponte

O Corinthians estreou no Campeonato Paulista de 2018 com derrota pela contagem mínima para a Ponte Preta em pleno Pacaembu.

O Timão dominou o jogo do início ao fim. Mandou bola na trave, forçou o goleiro adversário a grandes defesas e coisa e tal, mas não conseguiu fazer o básico: colocar a bola na rede adversária.

Mais dramático ainda foi o fato de, no fim do primeiro tempo, o centro-avante da Ponte ter sido expulso após chutar o rosto de Cássio. Dali em diante foi ataque contra defesa.

O gol parecia uma questão de tempo no segundo tempo. Até que o time campineiro uma hora saiu da própria área achou seu gol.

Aí virou cera e cai-cai de um lado contra nervosismo e falta de criatividade do outro. Jádson até conseguiu cavar um pênalti, mas desperdiçou pifiamente a oportunidade de ao menos empatar a partida.

E assim o Timão estragou seu tão esperado retorno ao saudoso Pacaembu.


| Contra a Ponte Preta |
O Corinthians em 2018 |
| Pelo Campeonato Paulista |
| No Pacaembu |
Sob o comando de Fábio Carille |
O Corinthians em 107 anos de história |


3 thoughts on “Jogo 5.713: Corinthians estreia no Paulista com derrota para a Ponte em volta ao Pacaembu

  1. Algumas ponderações, um velho ditado e uma conversa cá entre nós sobre esse jogo. Ponderações: time em início de temporada, dominou toda a partida, Jadson perdeu um pênalti que não costuma perder, jogadores ainda longe da melhor forma física, volta das férias etc. Um velho ditado: errar é humano, insistir no erro é burrice. Refiro-me ao Kazim. Cá entre nós: que estreia ridícula essa do Timão, bolinha pra cá, pra lá, buscando gol só pelo miolo do campo, chuveirinho na área adversária… o time não tem jogada de ataque? Ô Carille… pô!

  2. É necessário observar que o Carille aparentemente tem orientado o time a jogar num esquema mais aproximado do que fazia o Tite em 2015. Não sei se o elenco corresponde à ambição do técnico, mas é mais interessante do que o esquema adotado no ano passado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *