Jogo 5.859: Dérbi termina empatado com gols marcados nos acréscimos

palmeiras 1 x 1 corinthians

Corinthians e Palmeiras empataram por 1 x 1 na noite deste sábado graças a gols marcados nos acréscimos.

Depois de um primeiro tempo equilibrado, o Palmeiras dominou as ações no segundo tempo.

De pressão em pressão sobre a arbitragem, o alviverde foi premiado com um pênalti mandraque chamado pelo árbitro de vídeo.

Lance muito parecido com o do pênalti sonegado ao Corinthians contra o Flamengo no fim de semana passado. Aparentemente, o critério do VAR é decidir contra o Timão.

Faltavam 15 minutos para o fim da partida quando Válter defendeu o pênalti batido por Gustavo Scarpa.

O Palmeiras perdeu o ímpeto depois do pênalti desperdiçado e o Corinthians passou a ter um pouco mais de posse de bola.

A apitagem então deu um daqueles acréscimos eternos que só acontecem em jogos do Palmeiras.

Eis que aos 47 Michel Macedo marcou um golaço e colocou o Corinthians à frente.

Com a vitória parcial, o Timão estava a poucos minutos – na verdade, nem tão poucos assim – de reassumir a vantagem no retrospecto do clássico pela primeira vez em mais de meio século.

Mas nem deu tempo de ficar ansioso. Logo na saída de bola, o Palmeiras partiu para cima e conseguiu um escanteio. Eis que uma bola rebatida sobrou para Bruno Henrique empatar.

Com o resultado de hoje, apesar de o cômputo geral do clássico prosseguir empatado, o Corinthians termina 2019 com vantagem sobre o Palmeiras no Dérbi pelo terceiro ano seguido.


Artilheiros do jogo: Michel Macedo |
| Contra o Palmeiras |
O Corinthians em 2019 |
| No Pacaembu |
Pelo Campeonato Brasileiro |
Sob o comando de Dyego Coelho |
O Corinthians na história |


2 thoughts on “Jogo 5.859: Dérbi termina empatado com gols marcados nos acréscimos

    • O Corinthians voltou a mostrar solidez defensiva. E o Coelho pelo menos eige dos jogadores “apenas” o espírito alvinegro. Não é do interesse da mídia mostrar, mas o Corinthians fez um bom primeiro tempo, criou chances de abrir o placar e neutralizou os melhores lances alviverdes. O Palmeiras foi realmente mais agudo no segundo tempo, mas quem chegou primeiro fomos nós, naquele golaço do Michel Macedo. O gol deles saiu de um bate-rebate, num avanço desesperado pra ver se dava alguma coisa. Nem dá pra alegar falta de atenção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *