Jogo 5.853: Corinthians busca empate com o Goiás no Serra Dourada

goias 2 x 2 corinthians

Corinthians e Goiás empataram por 2 x 2 na noite desta quarta-feira em um bom jogo no Estádio Serra Dourada.

O Timão saiu na frente, levou a virada e buscou o empate nos acréscimos.

À primeira vista, parece um resultado ruim. Mas poderia ter sido pior, bem pior.

Dura e merecidamente espinafrado depois da atuação ridícula diante do São Paulo, o Corinthians adotou uma postura mais ofensiva e – para espanto do técnico Fábio Carille – abriu o marcador com Janderson.

O alvinegro mandava no jogo até Michael acertar um chute indefensável de fora da área no fim do primeiro tempo.

O empate levou o Goiás a equilibrar as ações e virar o jogo na etapa complementar, em uma falha do marcação do lateral Carlos Augusto.

Àquela altura estava em campo o time de Fábio Carille: muito suor e nenhuma inspiração.

Até que Michael foi expulsou por carrinho criminoso em Régis. Com um a mais em campo, Carille colocou Jádson e o Corinthians aumentou a pressão.

Nos acréscimos, um pênalti ia passando em branco quando o árbitro de vídeo alertou o de campo. Na revisão do lance, a bola foi para a cal e Gustavo empatou.

No frigir dos ovos, o Corinthians de Fábio Carille tem mais um empate para chamar de seu, mas mostra que pode ir muito além da chatice estéril dos últimos meses.


Artilheiros do jogo: Janderson e Gustagol |
| Contra o Goiás |
O Corinthians em 2019 |
| No Serra Dourada |
Pelo Campeonato Brasileiro |
Sob o comando de Fábio Carille |
O Corinthians na história |


One thought on “Jogo 5.853: Corinthians busca empate com o Goiás no Serra Dourada

  1. Carille mexeu no time, que ficou mais ofensivo. Mas tudo na base da improvisação. Sorte que adversários que lutam pra chegar ao G4 perseram suas partidas e com o empate o Timão manteve-se entre os quatro primeiros. Mas se quiser continuar por aí, tem que voltar a vencer. A sorte existe até a hora em que ela acaba, já dizia o saudoso Vicente Matheus (talvez ele não tenha dito isso, mas no caso dele a lenda sempre supera a realidade…) .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *