Jogo 5.812: Chape vence Corinthians e abre vantagem na Copa do Brasil

chapecoense 1 x 0 corinthians

A Chapecoense venceu o Corinthians pela contagem mínima na noite desta quarta-feira na Arena Condá e assegurou para si a vantagem de poder empatar no jogo de volta para avançar às oitavas-de-final da Copa do Brasil de 2019.

Quando você pensa que não dá pra jogar pior, o Corinthians vai lá e te apaga a língua. Foi a primeira vez que o Timão deixou a Arená Condá sem marcar nem ao menos um gol.

O time catarinense venceu o jogo graças, em grande parte, a um primeiro tempo horrendo de um Corinthians híbrido levado a Chapecó mais preocupado com a decisão do Campeonato Paulista do que outra coisa.

O Corinthians melhorou um pouco na etapa complementar, mas não o suficiente para evitar o quarto jogo seguido sem marcar um mísero gol e vai precisar de muito mais que isso se quiser conquistar o quarto tricampeonato paulista de sua história.

Diante do desempenho recente, nem é preciso dizer que a Fiel está pronta para carregar o time nas costas nas decisões dos próximos dias.


Contra a Chapecoense |
O Corinthians em 2019 |
Na Arena Condá |
Pela Copa do Brasil |
Sob o comando de Fábio Carille |
O Corinthians na história |


One thought on “Jogo 5.812: Chape vence Corinthians e abre vantagem na Copa do Brasil

  1. Jogo horroroso do Corinthians. A conclusão a que eu chego é que a diretoria contratou muito mal. O meio de campo é o pior de tudo. Só o Ralf se salva. O resto é exatamente isso, um resto. E o Boselli? Alguém precisa apresentar a bola pra ele. Mas agora o que vale é a final de domingo. Com esse time, esta vai ser a única chance de o Corinthians conquistar um título este ano. Espero que um ou dois jogadores estejam inspirados e resolvam a partida em nosso favor porque coletivamente o time está uma lástima. E que a força mental, espiritual, emocional da Fiel mexa com os brios dos nossos jogadores para que eles joguem focados, na raça, com inteligência, sem desespero, com o coração na ponta da chuteira e sangue nos olhos. Agora é na fé, na raça e na vontade, o tempo todo, não para não para não para.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *