Jogo 5.813: Timão vence o SPFC e conquista seu primeiro tri em 80 anos

corinthians 2 x 1 saopaulo

O Corinthianas venceu  o São Paulo por 2 x 1 no fim da tarde deste domingo e sagrou-se tricampeão paulista diante de um novo recorde de público em Itaquera.

Danilo Avelar apareceu de cabeça para mais uma vez marcar um gol importante aos 31 minutos de jogo, tirando o Timão de uma seca de quatro jogos inteiros sem marcar um mísero gol.

O Corinthians jogava bem e parecia pronto para ir para o intervalo com a vitória parcial, mas o jovem Antony acertou um belo chute no canto de Cássio e empatou aos 48 minutos do primeiro tempo, recolocando o São Paulo no jogo.

A etapa complementar foi mais tensa, com o Corinthians em busca da vitória, mas sem conseguir romper a defesa adversária, que fazia cera com a anuência da arbitragem.

Quase todo mundo já se preparava para uma disputa por pênaltis quando, aos 44, Vágner Love lembrou ao mundo que o Corinthians estava diante do maior freguês de Itaquera e concluiu de primeira um lançamento milimétrico de Sornoza.

Aí, de repente, os são-paulinos ficaram com pressa, mas não dava mais tempo de evitar o quarto tricampeonato paulista da história alvinegra, o primeiro em oitenta anos, e o trigésimo título estadual da história do clube. Agora são três títulos conquistados pelo Corinthians em Itaquera.

E se já não estava fácil para algum rival alcançar o Timão em número de títulos, o atual tricampeonato distancia ainda mais o Timão de seus adversários. Os atuais 30 títulos estaduais do Corinthians estão agora divididos em quatro tricampeonatos (1922/23/24, 1928/29/30, 1937/38/39, 2017/18/19), dois bicampeonatos (1951/52, 1982/83) e 14 conquistas avulsas (1914, 1916, 1941, 1954, 1977, 1979, 1988, 1995, 1997, 1999, 2001, 2003, 2009 e 2013).

Enquanto isso, Fábio Carille faz história ao alcançar a marca de 70 vitórias como treinador mosqueteiro e tornar-se o primeiro técnico tricampeão paulista dirigindo o mesmo clube desde Antoninho Fernandes, que comandou o Santos de Pelé nas conquistas de 1967, 68 e 69. Na condição de treinador alvinegro, Carille repete a façanha de Guido Giacominelli, técnico do Corinthians no tri de 1922, 23 e 24.


Artilheiros do jogo: Danilo Avelar e Vágner Love |
Contra o São Paulo |
O Corinthians em 2019 |
Na história do Campeonato Paulista |
| Em Itaquera |
Sob o comando de Fábio Carille |
O Corinthians em 108 anos de história |


FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 2 x 1 SÃO PAULO
Local: Arena Corinthians
Data: 21/04/2019 (domingo)
Horário: 16h
Árbitro: Raphael Claus
Assistentes: Danilo Ricardo Simon e Marcelo Carvalho Van Gasse
VAR: Thiago Duarte Peixoto; Emerson Augusto de Carvalho, Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral e Welton Orlando Wohnrath
CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Manoel, Henrique (Pedro Henrique, 30min/2º) e Danilo Avelar; Ralf, Ramiro, Pedrinho (Vagner Love, 20min/2ºT) e Sornoza; Clayson e Gustavo. Técnico: Fábio Carille
SÃO PAULO: Volpi; Hudson, Bruno Alves, Arboleda e Reinaldo; Luan, Jucilei (Léo, 20min/2ºT), Antony e Igor Gomes; Everton Felipe (Hernanes, intervalo) e Everton (Willian Farias, 27min/2ºT). Técnico: Cuca
Gols: Danilo Avelar (31min/1ºT), Antony (48min/1ºT) e Vagner Love (44min/2ºT)
Cartões amarelos: Vagner (35min/1ºT), Clayson (40min/2ºT); Reinaldo (13min/2ºT)
Renda: R$ 5.014.884,00
Público: 46.481 pagantes, 46.903 presentes


One thought on “Jogo 5.813: Timão vence o SPFC e conquista seu primeiro tri em 80 anos

  1. Poucos minutos antes do início da partida, naquelas entrevistas à imprensa na beira do gramado, perguntaram pro Carille o que ele esperava do jogo, ou algo assim. O técnico corinthiano disse que os dois times deveriam jogar com cautela, mas estava curioso pra saber como os times se.comportariam nos 15 minutos finais. Ao dar essa entrevista, Carille cantou a bola e a caçapa. Nos 20 minutos antes do término da partida, o Corinthians acelerou a bola e o adversário aceitou a pressão. Resultado: golaço do Love. Depois da entrega das medalhas, Carille disse não saber se ele era um bom técnico, mas sabia que era um homem abençoado. Pois eu tenho a petulância de dizer que não sei se ele é abençoado, mas tenho certeza e tenho provas de que ele é um técnico muito acima da média. E mais: tem a cara do Timão e da Fiel. Pra encerrar: nunca critiquei o Sornoza… ahahahahahahahahahahahahahah… Vai Corinthians!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *