Jogo 5.389: Timão vence o Santos e fica a um empate do título paulista de 2013

corinthians 2 x 1 santos

O Corinthians derrotou o Santos por 2 x 1 na tarde deste domingo no Pacaembu e irá para o confronto decisivo, marcado para o próximo domingo no pardieiro da Baixada, com a vantagem de poder empatar para conquistar pela 27ª vez o Campeonato Paulista.

O jogo em si foi um massacre. O Timão desperdiçou oportunidades suficientes para golear. Oportunidades claras. Com Paulinho, com Guerrero, com Emerson Sheik. Sem contar as boas defesas do goleiro adversário e um pênalti escandaloso em cima de Romarinho que só o juiz não viu.

Paulinho abriu o placar para o Timão aos 42 minutos de jogo. Paulo André ampliou aos 29 da etapa complementar, mas Durval descontou para os santistas.

Vencer, perder, empatar, golear ou desperdiçar chances de gol são componentes do futebol. O que não faz parte do futebol é a escalação, por exemplo, de Wilson Luiz Seneme, recém-recuperado de contusão, para apitar uma final, assim como a do auxiliar Emerson Augusto de Carvalho para bandeirar.

A arbitragem de Seneme foi tão covarde quanto a postura do Santos em campo. Jogou ao lado da defesa santista, mais preocupado em evitar uma vitória mais larga do Corinthians do que em apitar. No fim, foi premiado com um achado gol de honra santista.

Já o auxiliar que correu ao lado das cadeiras cobertas, para quem não se lembra, é o bandeirinha do triplo impedimento carpado.

Eu pergunto, do alto da minha ingenuidade, o que este sujeito fazia bandeirando uma final de campeonato envolvendo um time que ele prejudicou (o Corinthians) e um time que ele ajudou (o Santos), tudo muito descaradamente, há tão pouco tempo? Existe explicação que não envolva gestão de bastidores (em favor de um, ou contra o outro, tanto faz)?

Quanto ao Corinthians que vai a campo, o que mais me agradou hoje foi o fato de o time voltar a jogar com pegada, com garra, com gana de vencer, como sempre deveria ser. Que o Timão continue assim, contra tudo e contra todos, como é de costume.


Artilheiros do jogo: Paulinho e Paulo André |
| Contra o Santos |
O Corinthians em 2013 |
| No Pacaembu |
Pelo Campeonato Paulista |
Sob o comando de Tite |
O Corinthians na história |


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *