Jogo 5.850: Corinthians e Grêmio ficam no zero em Porto Alegre

gremio 0 x 0 corinthians

Assim como aconteceu no primeiro turno do Campeonato Brasileiro de 2019, Corinthians e Grêmio enfrentaram-se sem balançar as redes no returno, desta vez em Porto Alegre.

Defensivamente, o Corinthians foi perfeito. Já com a bola nos pés…

Tem gente que já faz mais do que hora extra como titular. O Corinthians só levou perigo quando Clayson, por exemplo, deu lugar a Boselli. E isso lá pro meio do segundo tempo.

Não que um empate na Arena do Grêmio seja um resultado ruim. Longe disso. Mas esse negócio de não jogar nem deixar jogar já deu o que tinha que dar.

De sugestão para Fábio Carille incrementar a renda no fim do mês, uma frase para estampar na camiseta: 30% empate.


Contra o Grêmio |
O Corinthians em 2019 |
Na Arena do Grêmio |
Pelo Campeonato Brasileiro |
Sob o comando de Fábio Carille |
O Corinthians na história |


One thought on “Jogo 5.850: Corinthians e Grêmio ficam no zero em Porto Alegre

  1. O sistema defensivo voltou a mostrar eficiência e se segurou muito bem na casa do adversário, que entrou em campo com o mesmo time que há poucos dias disputou uma partida de semifinal da Libertas. Mas a ligação do meio de campo com o ataque continua sendo o ponto fraco, irritante e que já encheu o saco a níveis insuportáveis nesse time. Ou só tem perna de pau nesse setor ou o Carille é burro e incompetente ou é tudo isso junto. Eu acho que é tudo isso junto. Carille é limitado e caras como Urso, Ramiro, Sornoza, os dois Matheus e o cansado Jadson (ainda não entendo porque ele desaprendeu a jogar o bolão que sabia jogar) não servem pra jogar no Timão. É claro que o resultado foi bom e que a campanha no segundo turno está muito boa em termos de soma de pontos. Mas não dá pra botar fé na falta de técnica, habilidade, criatividade e ousadia desse time que a cada dia que passa, menos vontade dá pra ver jogar. Jogar? Ops, jogar não tá jogando porra nenhuma. Tá correndo e suando a camisa, isso é verdade e esse é o mérito dos jogadores. Mas contentar-se com isso é pra quem torce pra time pequeno. O Corinthians é uma Nação gigante, onde raça é fundamental, mas futebol também.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *