Jogo 5.761: Corinthians vacila e perde pela 1ª vez para a Chape

chapecoense  2 x 1 corinthians

O Corinthians saiu na frente da Chapeacoense na tarde deste domingo na Arena Condá, mas levou uma virada capaz de simbolizar bem a esculhambação do desmanche promovido pela diretoria nas últimas semanas.

Marquinhos Gabriel abriu o placar aos cinco minutos de jogo, aproveitando rebote de cabeçada de Roger defendida pelo goleiro adversário.

Parecia que, mesmo com um time reserva, ia ser como nas quatro visitas corinthianas anteriores à Arena Condá. O time jogava razoavelmente bem e criava boas oportunidades.

Quando o segundo tempo ia lá pela metade, porém, numa demonstração de falta de confiança no sistema defensivo, Cássio saiu da área para interceptar uma bola esticada e quando voltava fez a defesa. O corpo estava certamente fora da área, mas a bola, que é o que interessa, parecia estar na linha. O bandeirinha alegou que Cássio fez a defesa fora da área, mas estranhamente não houve expulsão, o que sugere dúvida do próprio árbitro na marcação.

O fato é que na cobrança da falta, da entrada da área, a Chape empatou. Para a esculhambação ficar completa, mais uma vez o time cedeu o resultado nos acréscimos, desta vez aos 50 minutos de jogo.

E assim, pela primeira vez na história. o Corinthians perdeu para a Chape.

O único consolo é a vitória da Chape ter jogado o Santos para a zona de rebaixamento. Agora é torcer pra não repetir a bobagem no jogo de volta das quartas-de-final da Copa do Brasil, marcado para a quarta-feira na mesma Arena Condá.


Artilheiro do jogo: Marquinhos Gabriel |
Contra a Chapecoense |
O Corinthians em 2018 |
Pelo Campeonato Brasileiro |
| Na Arena Condá |
Sob o comando de Osmar Loss |
O Corinthians em 107 anos de história |


2 thoughts on “Jogo 5.761: Corinthians vacila e perde pela 1ª vez para a Chape

  1. O Corinthians era o time que fazia gol nos últimos minutos do jogo. Agora tá tomando gol nos acréscimos. No Brasileiro, o Corinthians vai lutar por uma vaga na Sul Americana. E nós outros dois torneios mata mata que disputa (Copa do Brasil e Libertadores), é bom lembrar que só avança quem tem sistema defensivo eficiente. Tá tudo complicado. Faltam técnica, tática e confiança.

  2. Não coloco essas oscilações na conta do técnico, com o desmanche e a quantidade de jogadores promissores, mas muito jovens, e uns chinelinhos que só atrapalham, fica difícil arrumar o time.
    Gabriel vem comprometendo em todo jogo, Cássio cometendo lambanças, Jadson some da partida, uma série de desfalques, principalmente o de Ralf, quando iria atingir o melhor da forma, teve uma série de lesões.
    Já estou por satisfeito com a vitória sobre os porcos no Alianz Chiqueiros, na final do Paulista! Não espero mais nada!!!
    Agora é apoiar o time e não demitir o Loss, pegando cancha esse ano, para vir melhor ano que vem!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *