Jogo 5.634: Um empate ruim de doer

corinthians 1 x 1 chapecoense

Como jogou mal o Corinthians contra a Chapecoense na tarde deste sábado em Itaquera. Foi de doer. Reflexo da omissão e do entreguismo de Roberto de Andrade na presidência alvinegra. Um palmeirense ou um são-paulino não teriam indo tão longe quanto Roberto de Andrade no desmanche do elenco campeão de 2015.

Mesmo com o time jogando mal, é preciso ressaltar o empenho dos atletas que restaram no elenco e ficaram com a responsabilidade nos pés. Oswaldo de Oliveira até busca alternativas, mas a suspensão de Guilherme expõe o cobertor curto com que é obrigado a trabalhar. Insisto: não há que se vaiar técnico ou jogadores; é preciso urgentemente remover Roberto de Andrade da direção do clube.

Sobre o jogo, na raça, Rildo sofreu um pênalti. O lance foi tão forte que até o juiz se comoveu e mandou botar na cal. Foi apenas o terceiro pênalti assinalado a favor do Corinthians no Campeonato Brasileiro de 2016. Giovanni Augusto converteu e marcou o centésimo gol do Timão no ano.

O segundo tempo ia avançado e algo parecia indicar que, mesmo jogando mal, o pênalti daria a vitória, pois a Chapecoense também não ameaçava. Mas havia um Pedro Henrique no meio do caminho. O jovem zagueiro voltou a fazer bobagem. Mais um pênalti infantil. E a Chapecoense empatou.

Quem tiver algo a reclamar, ligue no SAC e denuncie a incompetência de Roberto de Andrade.


Artilheiro do jogo: Giovanni Augusto.

Contra a Chapecoense

Na história do Campeonato Brasileiro

Sob o comando de Oswaldo de Oliveira

Em Itaquera

O Corinthians em 2016

O Timão em 106 anos de história


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *