Jogo 4.854: Tévez mostra cartão de visitas ao presidente do Flamengo

flamengo 1 x 3

Dias atrás, o presidente do Flamengo, Márcio Braga, ironizou o craque corintiano Carlitos Tévez durante uma conversa com jornalistas, fingindo desconhecê-lo. Na tarde deste do domingo, no Estádio Luso-Brasileiro (rebatizado Arena Petrobras), o argentino optou por responder dentro de campo ao invés de ingressar numa guerra de palavras e entregou seu cartão de visitas ao dirigente flamenguista ao marcar os dois últimos gols da vitória corintiana por 3 x 1 sobre o time carioca.

O primeiro gol alvinegro foi assinalado por Nilmar, depois de uma desastrada tentativa de recuo de bola de Leonardo Moura para o goleiro Diego. Fellype Gabriel marcou para o Flamengo.

Dizem por aí que Tévez não marcava havia seis jogos, mas ninguém parece se lembrar do quanto ele joga pelo time e de seu estilo altruísta em campo. Nem exijo que se lembrem do gol legítimo de Tévez anulado contra o Figueirense, mas é inadmissível a falta generalizada de reconhecimento à dedicação de Carlitos ao Timão.

Apesar da vitória de hoje, o jogo marcou a despedida do técnico Márcio Bittencourt do comando do Timão. Demissões de técnicos depois de vitórias são extremamente raras no futebol – e mais escassas ainda no Brasil. Entretanto, a dispensa foi definida antes do início do jogo. Apesar de ter obtido resultados razoáveis (17 vitórias, cinco empates e seis derrotas) e deixado o Corinthians na vice-liderança do Campeonato Brasileiro, a inexperiência de Bittencourt parece ter sido decisiva para sua demissão, especialmente depois dos dois pontos perdidos estupidamente na quarta-feira contra o Atlético Mineiro.

O nome mais cotado para substituir Márcio é Antonio Lopes, vice-campeão da Copa Libertadores da América deste ano no comando do Atlético Paranaense.


| Artilheiros do jogo: Nilmar e Carlitos Tévez (2) |
| Contra o Flamengo |
| No Estádio Luso-Brasileiro |
| Na história do Campeonato Brasileiro |


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *