Jogo 5.908: Enfim consistente, Timão vence o líder Inter-RS em Itaquera

1 x 0

O Corinthians finalmente conseguiu fazer uma apresentação consistente do início ao fim da partida e derrotou o Internacional pela contagem mínima na noite deste sábado em Itaquera.

A aposta do técnico Vágner Mancini deu certo e o atacante Matheus Davó, que se destacou numa Copinha justamente diante do Inter-RS, marcou, aos 32 minutos de jogo, o gol da vitória alvinegra na última rodada do primeiro turno.

O afastamento do indolente Sidcley também parece ter surtido o efeito esperado. Todo mundo correu mais do que o costume recente.

A improvável vitória de um time inconstante e visto no momento como sério candidato ao rebaixamento sobre a equipe que entrou na rodada como líder do Campeonato Brasileiro é um demonstrativo de como o futebol tem seus caprichos e de que prognósticos podem mudar a qualquer momento.

Aplicado na marcação, o Corinthians pouco foi ameaçado pelo Inter-RS, que vem sendo elogiado pelo poder ofensivo, e conseguiu terminar um jogo sem ser vazado pela primeira vez em quatro partidas.

Ao mesmo tempo, o Timão levou perigo quando atacou e não venceu por uma diferença maior talvez por falta de intimidade do atual elenco com a arte do gol.

Não se pode desconsiderar um gol de Luan estranhamente anulado pela apitagem na etapa complementar, num lance que seria lembrado eternamente pelo midiativismo anticorinthiano se fosse a favor do Timão, mas já deve ter caído no esquecimento de nossos tão éticos e imparciais comentadores.

O árbitro até tentou ajudar o adversário na busca pelo empate ao dar absurdos 10 minutos de acréscimo, mas não alcançou o objetivo e o Corinthians manteve a escrita de jamais ter perdido para o Inter de Porto Alegre em Itaquera.

De quebra, a vitória de hoje foi a primeira de Mancini à frente do Timão na Neo Química Arena.

Que atuações como a de hoje transformem-se em regra no Corinthians e não sejam somente um efeito da noite das bruxas.


Artilheiro do jogo: Matheus Davó |
| Contra o Inter-RS |
O Corinthians em 2020 |
| Em Itaquera |
| Sob o comando de Vágner Mancini |
| Na história do Campeonato Brasileiro |
| O Corinthians com portões fechados |
O Corinthians na história |


2 thoughts on “Jogo 5.908: Enfim consistente, Timão vence o líder Inter-RS em Itaquera

  1. A raça e a determinação do time nesta partida podem ser uma demonstração de que o vestiário tá fechado com o Mancini. Isso é fundamental. Grande vitória do Timão, talvez a maior deste ano até agora. Tecnicamente o time continua fraco, mas aos poucos vem apresentando evolução. Vale observar, no entanto, que o time está oscilando muito, entre altos (nem tão altos assim) e baixos (bem baixos). Espero que, com essa boa vitória, essa oscilação diminua e o Corinthians consiga se estabilizar cada vez mais nos pontos altos. Só pra lembrar, foi contra o adversário deste sábado que o Timão conquistou sua primeira vitória em jogos oficiais em Itaquera. Que esse jogo seja o reinício de uma longa temporada de grandes resultados do Corinthians na Neo Química Arena. Imagino o quanto deve ser difícil para os jogadores atuarem diante das arquibancadas vazias. Afinal, Corinthians e Fiel são parte de uma unidade indissolúvel. Um não existe sem o outro. Todos jogam juntos. Mas enquanto não estivermos todos vacinados e imunizados, a Fiel só comparece a Itaquera com a sua alma, sua mente e suas emoções. Com certeza, esses três elementos estiveram em campo nesse jogo encarnados na raça de cada um daqueles que vestiram a camisa do Time do Povo.

  2. Quero acrescentar que desde que o Mancini chegou, o Corinthians disputou 4 jogos no Brasileiro. Venceu 3 e perdeu 1. É um aproveitamento de 75% no Brasileiro. Esse aproveitamento cai para 60% se contarmos a derrota na Copa do Brasil. Mesmo assim, é melhor do que os dias de Tiago Nunes e Coelho. Vamos ver como o time vai se comportar no jogo de volta em BH.

Comments are closed.