Jogo 5.638: Um frustrante 0 x 0 em casa

corinthians 0 x 0 atleticopr

O Atlético Paranaense foi a Itaquera em busca de um placar em branco. E conseguiu. O Corinthians precisava vencer o adversário da noite deste sábado para depender apenas de seus próprios esforços para classificar-se para o sul-americano de várzea do ano que vem. Mas…

Raça o time até tem, mas falta aquele ímpeto ofensivo que catalisa a força que vem das arquibancadas e se transforma em pressão, oportunidades, gols e vitórias. Não é culpa de técnico, não é responsabilidade de jogador, muito menos de preparador físico. É demérito único e exclusivo do presidente Roberto de Andrade.

O desmanche autorizado pelo dirigente deixou para a Fiel um time amorfo, sem identidade. Talvez entre para a história como outro Roberto, o Pasqua. Se algum corinthiano entrou em coma no segundo semestre do ano passado e acordou recentemente para ver o Corinthians jogar, teria preferido não despertar, talvez esperar mais um pouco.

É desgosto demais, um desrespeito sem par para com a Fiel. A gente vai ao estádio e acompanha o time por pura teimosia, por amor ao SCCP. A parte boa é que essa corja de aproveitadores mais cedo ou mais tarde irá embora. O Corinthians vai permanecer, proporcionando ao povo novas glórias e alegrias em um futuro próximo.


Contra o Atlético-PR

O Corinthians em Itaquera

Na história do Campeonato Brasileiro

Sob o comando de Oswaldo de Oliveira

O Corinthians em 2016

O Timão em 106 anos de história


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *