De virada, Timãozinho bate o Flamengo e vai à semifinal da Copinha

O Timãozinho bateu o Flamengo por 2 x 1, de virada, na noite desta quinta-feira em Barueri e avançou para a semifinal da Copa São Paulo de Juniores. O Corinthians tentará a vaga em sua 18ª decisão de Copinha contra o Juventus no domingo.

Assim como na final da Copa São Paulo do ano passado, Corinthians e Flamengo protagonizaram um jogaço. O time carioca abriu o placar aos 6 minutos ao converter um pênalti infantil cometido pelo goleiro Felipe. Logo no reinício de jogo, porém, o Timãozinho partiu pra cima e Pedrinho empatou. Ele ainda não sabia, mas apanharia muito até ser substituído.

O Corinthians chegou a marcar novamente aos 12, mas a arbitragem anulou o lance. O jogo seguiu pegado, com boas chances para os dois lados, mas com o Timãozinho tomando a iniciativa na maior parte dos lances. Os aspirantes a craques corinthianos simplesmente pareciam não sentir o peso de buscar a revanche, já que no ano passado o Flamengo levou o título ao derrotar o Timãozinho nos pênaltis.

O gol da virada veio num lance de escanteio aproveitado pelo zagueiro Vinicius Delamore. Enquanto o Flamengo mandava o fair play às favas, o árbitro Thiago Peixoto deixava os cariocas baterem à vontade, ignorando inclusive um pênalti claro que poderia ter tornado o jogo mais tranquilo para o Corinthians.

Seja como for, a qualidade do jogo mostrou que a Federação Paulista fez bobagem, como de costume, ao elaborar um chaveamento que permitisse o cruzamento de Corinthians e Flamengo já nas quartas-de-final. Se a decisão de 2016 não serviu de parâmetro, que o confronto deste ano sirva de lição para que adversários da qualidade de Corinthians e Flamengo tenham a oportunidade de se enfrentar numa decisão de título, ou de vaga na final.

2 thoughts on “De virada, Timãozinho bate o Flamengo e vai à semifinal da Copinha

  1. Jogaço. Uma das melhores partidas de futebol brasileiro dos últimos tempos. Os dois times têm ótimos jogadores, são muito bem treinados e qualquer um poderia ter vencido, já que houve oportunidade de gols para os dois lados. Mas prevaleceram o melhor futebol do Timãozinho e a presença de um candidato a craque chamado Pedrinho. Inacreditável foi o pênalti não marcado a favor do Corinthians. Simplesmente inacreditável. Se aquilo não é pênalti, o que seria então? Agora, o momento é de segurar a cabeça da molecada. Com a melhor campanha do campeonato, com a camisa mais vencedora na Copinha, com a torcida a seu favor e com jogadores que desequilibram, ninguém vai negar que o Timãozinho é o favorito ao título. Mas ninguém é campeão por antecipação. O jogo tem que ser jogado. Futebol não falta pra molecada, principalmente com a volta ao time do Carlinhos e do Areias. Mas é preciso não calçar o salto alto, manter a humildade e a concentração. Jogo se ganha no campo. E o próximo adversário é o “moleque travesso da Mooca”. Todo cuidado é pouco. Vai Timaõzinho!

    • Pois é, Marinho. A exemplo da final do ano passado, jogaço. O que tá incomodando, tanto nesse jogo de ontem quanto no próximo, é a cobrança de ingressos a preços não muito módicos para assistir aos jogos. Parece que querem afastar o povo e mostrar estádio vazio nos jogos do Corinthians, a exemplo da administração (!?) Roberto de Andrade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *