Jogo 5.800: Vágner Love e Cássio brilham e Timão passa pelo Racing

racing-arg  1 x 1 corinthians

(nos pênaltis: Racing 4 x 5 Corinthians)

Vágner Love e Cássio brilharam na noite de hoje em Avellaneda e o Corinthians eliminou o Racing Club logo na primeira fase da Copa Sul-Americana de 2019 em pleno El Cilindro.

No fim de um primeiro tempo em que o Corinthians parecia perdido em campo, Cristaldo abriu o placar para o time da casa. Como o jogo de ida terminara empatado por 1 x 1, o Timão precisava ir às redes para levar o jogo para os pênaltis.

Na volta do intervalo, Fábio Carille tirou Clayson para a entrada de Vágner Love. O atacante logo empatou, marcando seu primeiro gol no retorno ao Timão. E a virada não veio porque o ataque mosqueteiro transformou o goleiro Arias no grande nome do jogo.

Ao término de um segundo tempo de alto nível, a persistência do empate forçou os pênaltis. Foi quando brilhou Cássio, que hoje igualou Gylmar dos Santos Neves com 395 jogos com o manto alvinegro, tornando-se o segundo atleta a mais vezes defender a meta corinthiana em toda a história.

Cássio agigantou-se e defendeu duas penalidades, garantindo a vitória corinthiana por 5 x 4, dando o troco pela eliminação em 2017 e levando o Timão para a segunda fase da Copa Sul-Americana.

Eliminar o melhor time argentino da atualidade é um resultado essencial para que o alvinegro recupere a confiança perdida no segundo semestre do ano passado. E também para confirmar que o negócio de Fábio Carille é jogo grande.

O adversário do Timão na segunda fase da Copa Sul-Americana será posteriormente definido por sorteio.


Artilheiro do jogo: Vágner Love |
Contra o Racing Club |
O Corinthians em 2019 |
Pela Copa Sul-Americana |
En El Cilindro |
Sob o comando de Fábio Carille |
O Corinthians em 108 anos de história |


One thought on “Jogo 5.800: Vágner Love e Cássio brilham e Timão passa pelo Racing

  1. Quem tem Cássio não tem medo de disputa de pênaltis. E quem tem Love não tem medo de cara feia. Vejo alguns cronistas esportivos criticando o jogo feio e de baixa técnica do Timão. Eles estão certos, o time tá mesmo jogando feio e com uma técnica abaixo da crítica e do que se espera do Corinthians. Mas esses cronistas não percebem que, apesar disso, o Timão avançou na Sul Americana e na Copa do Brasil porque esses defeitos estão sendo superados pela dedicação, raça e união do elenco. E isso tem nome. Isso sim é Corinthianismo!! Raça, amor à camisa, união, humildade, procedimento, respeito, lealdade, honra às origens populares do Time do Povo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *