Futsal: Corinthians e Horizonte empatam no jogo de ida da final da Copa do Brasil

horizonte 1 x 1 corinthians

Corinthians e Hozironte empataram por 1 x 1 no jogo de ida da decisão da Copa do Brasil de Futsal de 2019, disputado na noite desta quarta-feira na casa do time cearense.

Com o resultado, quem vencer na semana que vem no Parque São Jorge se sagrará bicampeão da competição.

Faltavam apenas três minutos para o fim da partida quanto o Timão chegou ao gol, em uma jogada ensaiada na cobrança de uma falta frontal ao gol horizontino.

Sem outro recurso, o Horizonte lançou mão do goleiro-linha, chegando ao empate a 1m44s do fim.

Atração à parte foi o amadorismo da transmissão, feita somente via Facebook por uma produtora local.

Tudo a favor da produção local, mas um mínimo de profissionalismo deveria ser exigido para a transmissão de uma decisão de título de competição nacional envolvendo clubes de expressão e atletas profissionais.

Baixa qualidade da imagem, áudio precário e filmagem ruim foram “apenas” alguns dos problemas enfrentados por quem teimou em assistir à partida até o fim.

Podemos arriscar dizer que foi a pior transmissão da história do futsal de uma final de campeonato nacional. Um desrespeito com o público, com os atletas, com os clubes e com o esporte em si.

O episódio expõe o persistente descaso da Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) em relação à Copa do Brasil. Só para lembrar, o Horizonte chegou à decisão porque seu adversário na semifinal, o Constelação de Roraima, não conseguiu passagens para a disputa. E a CBFS, ao invés de se empenhar para que o esporte prevalecesse, optou por simplesmente eliminar o Constelação por W.O.

Que tamanho desrespeito não se repita no jogo decisivo, marcado para a semana que vem em São Paulo.


Confira o retrospecto corinthiano contra o Horizonte |
O Corinthians na Copa do Brasil de Futsal |
Sob o comando de André Bié |
O futsal corinthiano em 2019 |


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *