Jogo 5.847: Corinthians empata no Equador e fica fora da final da Sul-Americana

indelvalle2 x 2 corinthians

O Corinthians empatou com o Independiente del Valle por 2 x 2 em Quito e ficou pelo caminho na semifinal da Copa Sul-Americana de 2019.

Depois de um início ruim na altitude andina, o Corinthians acertou-se em campo e anulou a saída de bola do time da casa. Aos 28, Ralf roubou a bola no meio de campo e passou para Pedrinho. O meia acionou Vágner Love, que tocou para Boselli abrir o placar.

Aos 43, Love parou no travessão e por pouco o gol não saiu na sequência da jogada. O Corinthians jogava bem e fazia por merecer a vitória.

Na etapa complementar, no entanto, a busca pelo segundo gol fez o Timão ceder espaços. Num contra-ataque, o Independiente del Valle empatou aos 22.

O jogo aproximava-se do fim quando Danilo Avelar foi derrubado na área. Depois de revisão pelo árbitro de vídeo, Clayson foi para a bola, recolocou o Corinthians à frente aos 40 e deu novo ânimo ao time.

Na busca pelo terceiro gol, o Corinthians abriu-se e o time equatoriano aproveitou para empatar novamente.

A classificação foi perdida em São Paulo, especialmente pelo péssimo primeiro tempo do jogo de ida.

Que se aprenda com as lições da derrota, especialmente o técnico Fábio Carille. Ele, sim, precisa de um pouco mais de experiência.


Artilheiros do jogo: Boselli e Clayson (pênalti) |
Contra o Independiente del Valle-EQU |
O Corinthians em 2019 |
| No Estádio Olímpico Atahualpa |
Pela Copa Sul-Americana |
Sob o comando de Fábio Carille |
O Corinthians na história |


One thought on “Jogo 5.847: Corinthians empata no Equador e fica fora da final da Sul-Americana

  1. Time que toma quatro gols em dois jogos de mata-mata só comsegue se classificar se tiver um ótimo ataque. Não é o caso desse time do Carille. Ou seja, defesa que toma gol e ataque pouco produtivo só podia dar no que deu. O Carille conseguiu a proeza de montar um time com um meio de campo que não protehe a defesa e não serve ao ataque. É uma fórmula pro fracasso. O Corinthians tem três centroavantes e uma porrada de jogadores que atuam no meio de campo e como meio-atacantes. O técnico empata-foda não consegue fazer com que esses jogadores joguem o seu melhor futebol. Nem a defesa, que nos últimos dez anos tem sido o melhor setor do time,, não consegue mais jogar bem. Nos últimos sete jogos, o Corinthians tomou gol em seis. Como o time não sabe atacar, a não ser na base do sufoco, fica difícil vencer. O prazo de validade do Carille e de vários jogadores já venceu. Feliz Natal e um 2020 com homens vestindo a camisa do Timão. Chega de molecagem e de moscas de padaria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *