Jogo 5.106: Corinthians vence o Atlético-PR e avança na Copa do Brasil

corinthians 2 x 0 atleticopr

Quem me conhece sabe que estou longe de ser um homem de fé. Mas quando me deparo com Geninho e o vejo dirigindo outro time que não o Corinthians chego a pensar em agradecer aos céus por esse sujeito não ser mais técnico do meu time de coração. “Haja o que hajar”, como diria nosso folclórico ex-presidente Vicente Matheus, Asninho vai dar um jeito de perder. Por mais ganho que esteja o confronto. Não importa contra quem.

Na semana passada, o Atlético Paranaense chegou a abrir três gols de vantagem sobre o Corinthians no jogo de ida das oitavas-de-final da Copa do Brasil. E mesmo jogando muito mal, fora de casa, o Timão conseguiu fazer dois gols no finzinho, voltando para a briga e praticamente assegurando a vaga. E, pelas circunstâncias do jogo, com um pouco mais de sorte (ou menos azar), a trupe mosqueteira poderia ainda ter retornado a São Paulo com um empate, quem sabe um vitória.

Hoje, no Pacaembu, a não ser que fosse uma daquelas noites de bruxas à solta, bastava jogar com paciência até fazer um gol. Contra time do Asninho é assim: qualquer coisa desestabiliza. Nós, corinthianos, já sentimos isso na pele. Agora coloque Asninho para dirigir um freguês assíduo do Corinthians e a vitória torna-se somente uma questão de tempo.

A Fiel lotou o estádio, empurrou o tempo inteiro, como sempre, e o time correspondeu, mas o Atlético embaçou por longos 55 minutos. Aos 10 do segundo tempo, Ronaldo dominou na entrada da área e bateu de direita para abrir o placar e marcar seu primeiro gol pelo Corinthians na Copa do Brasil.

Na hora pensei: acabou aqui. Os 35 minutos restantes seriam pra cumprir tabela. E foi simples assim. Para não deixar dúvidas, aos 25, Ronaldo converteu pênalti por ele mesmo sofrido. E, além de ter garantido a classificação, o Fenômeno alcançou o zagueiro Chicão na artilharia do time em 2009.

E o Atlético, mais uma vez, mostrou-se um freguês e tanto: esta foi a terceira vez em três embates que o Corinthians eliminou o time paranaense do torneio.

Agora o Timão aguarda o vencedor do duelo entre Fluminense e Goiás para saber quem será seu adversário nas quartas-de-final da competição. No fim de semana, o Corinthians estreará no Campeonato Brasileiro contra o Internacional no Pacaembu. E esse jogo promete. É pra estufar o peito e gritar a plenos pulmões: o Coringão voltou!


Artilheiro do jogo: Ronaldo (2) |
Contra o Atlético-PR |
Pela Copa do Brasil |
| No Pacaembu |
Sob o comando de Mano Menezes |
O Corinthians em 2009 |
O Corinthians na história |


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *