Corinthians x Fluminense – Em mata-mata

corinthians 6 x 3 fluminense

O Corinthians construiu sua atual vantagem sobre o Fluminense em disputas de mata-mata e confrontos diretos valendo título depois de vencer em sequência as últimas quatro quedas de braço entre os dois clubes.

Até hoje, nas nove ocasiões em que os dois clubes estiveram frente a frente em duelos valendo classificação ou taça, o Timão saiu vitorioso em seis e o Flu se deu melhor em três. Mas levou algum tempo até o alvinegro ficar em vantagem sobre o tricolor carioca.

A primeira disputa do gênero ocorreu na decisão Copa Rio de 1952. O título foi decidido em dois jogos, ambos realizados no Maracanã. O Corinthians chegou ao primeiro jogo da final literalmente quebrado e desfalcado pela violência do Peñarol na semifinal. Depois de fazer 2 x 0 na primeira partida, o Flu ficou com o título ao segurar um empate por 2 x 2 no segundo jogo.

O troco corinthiano viria na semifinal do Campeonato Brasileiro de 1976, quando o Timão eliminou o Fluminense na disputa de pênaltis (4 x 1), depois de empate por 1 x 1 no tempo normal. O jogo entrou para a história como a “invasão do Maracanã”.

O tricolor carioca, então treinado por Carlos Alberto Parreira, recuperou a liderança no confronto na semifinal do Brasileirão de 1984, quando venceu o jogo de ida por 2 x 0 no Morumbi e depois segurou o 0 x 0 no Maracanã.

O Timão voltaria a empatar o confronto na terceira e última semifinal de Campeonato Brasileiro disputada entre os dois clubes, em 2002. Agora com Parreira no Parque São Jorge, o Fluminense venceu por 1 x 0 no Maracanã, mas na volta o Corinthians ganhou por 3 x 2 no Morumbi e passou por ter a vantagem do empate no placar agregado por dispor de melhor campanha.

No ano seguinte, em jogo válido pela primeira fase da Copa Sul-Americana, o Fluminense ganhou por 2 x 0 no Maracanã e ajudou a eliminar o Corinthians da competição em 2003.

Vieram então dois confrontos pela Copa do Brasil. Nas quartas-de-final de 2009, o Timão empatou pela terceira vez o duelo ao bater o Flu por 1 x 0 no Pacaembu e depois empatar por 2 x 2 no Rio. Nas oitavas-de-final de 2016, os dois clubes empataram por 1 x 1 no Rio e depois o Timão venceu por 1 x 0 em Itaquera, avançando na competição e virando o placar a seu favor.

Em 2017, o Corinthians conquistou pela sétima vez na história o Campeonato Brasileiro ao vencer o Fluminense de virada em Itaquera e levou a 5 x 3 sua vantagem neste recorte do confronto.

Por fim, na Copa Sul-Americana de 2019, o Timão valeu-se do gol marcado por Pedrinho fora de casa para avançar à semifinal e, pela primeira vez na história, eliminar o Fluminense de uma competição internacional.