Jogo 5.730: Corinthians elimina o SPFC e decidirá o título contra o Palmeiras

corinthians 1 x 0 saopaulo

O Timão venceu o São Paulo duas vezes na noite desta quarta-feira em Itaquera e decidirá o título do Campeonato Paulista de 2018 contra o Palmeiras.

A primeira vitória da noite veio no tempo normal, pela contagem mínima. O gol saiu da cabeça de Rodriguinho aos 47 minutos do segundo tempo, superando a cera e a truculência do adversário.

A segunda vitória veio na disputa de pênaltis. O técnico Diego Aguirre, que não conhece Fábio Carille, aparentemente não estava sabendo que não é prudente colocar o Diego Souza na frente de Cássio, que ainda defendeu a cobrança de Liziero para assegurar a vitória corinthiana por 5 x 4.

E o São Paulo, tadinho, completa 18 anos sem vencer o Corinthians num mata-mata e segue sem nunca ter conseguido vencer o Timão em solo alvinegro.

A final entre Corinthians e Palmeiras é o que se previa se os resultados seguissem uma suposta lógica no futebol. A ida será em Itaquera e a volta no Parque Antártica.

Hoje, mais uma vez, o Timão superou suas deficiências para prevalecer sobre o adversário. Que essa capacidade de superação se mantenha diante de nosso arquirrival.


Artilheiro do jogo: Rodriguinho |
Contra o São Paulo |
O Corinthians em 2018 |
Pelo Campeonato Paulista |
Em Itaquera |
Sob o comando de Fábio Carille |
O Corinthians em 107 anos de história |


2 thoughts on “Jogo 5.730: Corinthians elimina o SPFC e decidirá o título contra o Palmeiras

  1. O Corinthians se classificou pra final depois de fazer dois jogos de baixo nível técnico. É verdade que o adversário da Vila Leonor não quis jogar bola em nenhuma das duas partidas e isso dificultou as jogadas do Timão. Mas isso não é desculpa para encobrir as séries limitações do time na hora de atacar. Erros de passe, falta de criatividade, poucas jogadas de ataque, pouca infiltração e menos ainda de chutes a gol. Mas prevaleceu a boa condição física do time, a raça, a vontade de vencer, a aplicação tática. E isso é o que faz do Corinthians de hoje um time difícil de ser batido. Se conseguir encaixar um ataque eficiente, o Corinthians se transforma num time quase invencível. Agora, na final, como bem disse o Ricardo, a capacidade de superação terá que ser decisiva. É bom também que titulares como Fagner, Balbuena e Romero voltam pra jogar o tempo todo.

  2. Faltou falar uma coisa: vejo os fofoqueiros da imprensa esportiva (na maioria, parecem mais donas Marocas falando da vida dos outros do que jornalistas de verdade) observando, com razão, que o Rodriguinho saltou sozinho pra cabecear pras redes. O que falta dizer é que foi uma belíssima cabeceada, deslocando o goleiro numa direção cruzada, no canto e pingando a bola no chão, com a força adequada. Um lance do qual só é capaz quem sabe jogar bem esse tal de futebol. Rodriguinho, tem horas, faz jogadas de craque. Esse gol foi uma dessas jogadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *