Jogo 5.724: Com golaço, Sheik garante vitória alvinegra sobre o Mirassol

corinthians 1 x 0 mirassol

No retorno de Ralf ao Corinthians, o veterano Emerson Sheik marcou um golaço aos 41 minutos do segundo tempo e assegurou a vitória sobre a contagem mínima sobre o Mirassol na noite desta quarta-feira em Itaquera.

Apenas para constar, não estamos em 2012.

Voltando à partida, jogador decisivo é outra história. E Sheik mostrou isso mais uma vez. Correu muito mais do que o preguiçoso Lucca, que parece ter aderido à escola Giovanni Augusto/Marquinhos Gabriel de enrolação. Foi o primeiro gol de Emerson em seu retorno ao Timão – o 27º dele com o manto alvinegro.

Mateus Vital e Pedrinho também vieram do banco e melhoraram consideravelmente o time.

Ainda há muito ajuste a ser feito. O importante é que pelo menos nos jogos mais decisivos o time tem mostrado um bom desempenho. Não é o ideal, mas tem sido o suficiente.


P.S.: Alertado pelo leitor Rogério SCCP no Facebook, uma bola importante foi comida a respeito de Emerson Sheik e a vitória sobre o Mirassol. Aos 39 anos, o atacante mosqueteiro tornou-se o jogador mais velho a marcar um gol com o manto alvinegro. Deixou na pista ninguém menos que Danilo, que assumira o posto em 23 de julho de 2016, com 37 anos, ao guardar o seu no empate por 1 x 1 com o Figueirense em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro. (09/03/2018, 8h23)


Artilheiro do jogo: Emerson Sheik |
| Contra o Mirassol |
O Corinthians em 2018 |
Pelo Campeonato Paulista |
Em Itaquera |
Sob o comando de Fábio Carille |
O Corinthians em 107 anos de história |


3 thoughts on “Jogo 5.724: Com golaço, Sheik garante vitória alvinegra sobre o Mirassol

  1. Pra ganhar é preciso fazer pelo menos um gol. Pra fazer gol, é preciso chutar a bola contra a meta adversária. Foi o que o Sheik fez. Sobrou pra ele na área, o experiente matador fuzilou pras redes. É preciso ensinar isso pros atacantes do Corinthians. De resto, o time está voltando a tocar a bola muito bem. Mas só tocar a bola não adianta. É preciso também ameaçar a meta adversária. Golaço do velho Sheik, que mostra ter mais tesão de gol do que muito jovem…

  2. O que esse time do Mirassol bateu e fez cera, desde o início do jogo, foi uma grandeza!!! E o Timão ainda terminamos com o mesmo número de cartões amarelos!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *