Jogo 5.895: Displicente, Corinthians tem 2 expulsos e perde para o Palmeiras

0 x 2

O Palmeiras venceu o Corinthians por 2 x 0 na noite desta quinta-feira em Itaquera e a permanência de Tiago Nunes como técnico alvinegro está por um fio.

O Timão jogava bem até os 40 minutos do primeiro tempo. O venezuelano Otero já havia carimbado o travessão e forçado o goleiro Weverton a boas intervenções.

O Dérbi 366 era equilibrado. Dava até para alimentar aquela ilusão de que poderia ser um divisor de águas na estada de Tiago Nunes no Parque São Jorge.

Defensivamente, porém, o Corinthians repetia a displicência de atuações mais recentes, enquanto o Palmeiras mostrava-se mais aplicado na marcação.

Aos 41 minutos, Fágner achou que devia fazer uma defesa dentro da área. Como ele não é goleiro, não é preciso ser muito inteligente para imaginar que o árbitro expulsaria o lateral corinthiano e marcaria o pênalti.

Auto-sacrifício desnecessário e estúpido, o de Fágner. Mas Luiz Adriano não tinha nada a ver com isso. Foi para a bola e converteu.

O Corinthians seguia jogando de modo razoável quando atacava, mesmo com um a menos, mas o Palmeiras, que já marcava bem, aproveitava a vantagem de ter um jogador a mais.

Qualquer possibilidade de empate caiu por terra aos 19 do segundo tempo, quando Lucas Piton perdeu a bola infantilmente no campo de ataque, permitiu o contra-ataque e o Palmeiras chegou ao segundo gol com Gabriel Verón.

Com pressa e sem criatividade, o Corinthians viu o tempo passar sem ameaçar o gol adversário e ainda teve Danilo Avelar expulso.

Com o resultado, o Palmeiras vence um Dérbi pela primeira vez desde 2018 e empata novamente o retrospecto do clássico.

Uma coisa é certa: tem sido muito – mas muito – mais prazeroso ver o time feminino do Corinthians dando show em campo, como aconteceu hoje à noite em Porto Alegre em jogo realizado praticamente no mesmo horário do Dérbi.


| Contra o Palmeiras |
O Corinthians em 2020 |
| Em Itaquera |
| Sob o comando de Tiago Nunes |
| Na história do Campeonato Brasileiro |
| O Corinthians com portões fechados |
O Corinthians na história |