Jogo 5.783: Cruzeiro vence o Corinthians no Mineirão na base da ‘interpretação’

cruzeiro 1 x 0 corinthians

Parece haver gente no alto escalão do futebol nacional ativamente engajada em levar o Corinthians para a Série B. Não que a diretoria corinthiana não tenha feito sua parte, desmanchando brutalmente o elenco alguns meses atrás. Mas a série de “erros” e “interpretações” contra o Corinthians teve um novo capítulo hoje contra o Cruzeiro no Mineirão.

O Cruzeiro venceu pela contagem mínima em um lance de impedimento de certo modo passível de interpretação, sagrando-se o 15º clube na história a atingir a marca de 100 gols marcados contra o Timão. Se fosse para o outro lado – o nosso lado, o lado corinthiano -, estaria impedido. É essa a interpretação. A seguir, no fim do primeiro tempo, de novo, o Corinthians teve um jogador expulso. Douglas desta vez.

E mais uma vez, mesmo com um a menos em campo, o Corinthians criou chances de empatar, mas esbarrou no próprio nervosismo e no goleiro adversário.

Não que perder fora de casa contra um adversário forte e tranquilão numa situação como a atual fosse inesperado. O problema é a forma.

Ou técnico e jogadores entendem que também enfrentam forças extracampo ou vai ser muito complicado alcançar os pontos necessários para evitar um vexame.


Contra o Cruzeiro |
O Corinthians em 2018 |
No Mineirão |
Pelo Campeonato Brasileiro |
Sob o comando de Jair Ventura |
O Corinthians em 108 anos de história |


2 thoughts on “Jogo 5.783: Cruzeiro vence o Corinthians no Mineirão na base da ‘interpretação’

  1. O Corinthians está muito perto, pertissimo da segunda divisão. De novo. Quem viu a primeira queda sabe que pra um time da força do Corinthians cair, é preciso haver uma conjunção muito grande de cagadas enormes. Pois é isso que estamos presenciando. Uma diretoria incompetente e irresponsável, um técnico fraco e sem ideias, um time de pernas de pau (com poucas exceções), um time que quando joga na retranca toma gol e quando joga no ataque não faz gol, uma arbitragem canalha e bandida. E a famosa falta de sorte típica de times sem moral, de time cagado. O Andrés já disse que a segunda divisão poderia ser boa pro Corinthians reduzir o custo da folha de pagamentos. Sinceramente, não sei o que um presidente de clube quer dizer com isso. Sei que a primeira passagem do Andrés na presidência foi muito boa. E sei que nesta segunda vez, ele parece outra pessoa. Enburreceu, virou um cuzão do caralho. Só fala e faz merda. Pra não cair, só um milagre. Está um clima geral de foda-se no Corinthians. No jogo desta quarta, o Douglas cometeu duas faltas duras no intervalo de um minuto. Dois cartões, expulsão. Atitude típica de um time desmoralizado. E de um juiz que não tá nem aí com o tamanho do Corinthians. Assim tem sido o comportamento da arbitragem. Comportamento de foda-se. E esse parece ser também o comportamento da direção do clube. Se ganhar os dois jogos que manda em Itaquera, o Corinthians não cai. Pra isso, vai ter que fazer mais gols do que tomar. Nos últimos dez jogos, quantas vezes isso aconteceu? Só rezando.

  2. Nos últimos 9 jogos, o Corinthians venceu 1 jogo, empatou 2 e perdeu 6. Qual foi a última vez que os atacantes fizeram gol? Romero, Pedrinho, Mateus Vital, Clayson, Jonatas, Roger… As esperanças de gols do Corinthians são Ralf, Henrique, Danilo Avelar e o vovô Zidanilo. Ou o Jadson, se o juiz resolver marcar pênalti a nosso favor. A bosta tá batendo no pescoço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *