Jogo 5.767: No aniversário de 108 anos, Timão apenas empata com o Atlético-MG

corinthians 1 x 1 atleticomg

O Corinthians apenas empatou em casa com o Atlético Mineiro na noite deste sábado em Itaquera, quando completava seu aniversário de 108 anos.

O Timão voltou a perder pontos em casa, mantendo a apreensão da torcida em relação à continuidade do Campeonato Brasileiro.

Pedrinho abriu o placar para o Timão exatamente aos 19 minutos e 10 segundos de bola rolando (significa!), enquanto o lateral Fábio Santos, de pênalti, empatou para o time visitante ainda no primeiro tempo.

O que temos visto é um time sem identidade, sem direcionamento, lutando para sobreviver sem saber bem qual direção seguir.

Ainda estamos no início de setembro, e o que resta é uma melancólica contagem regressiva para o fim de 2018.


Artilheiro do jogo: Pedrinho |
| Contra o Atlético-MG |
O Corinthians em 2018 |
Pelo Campeonato Brasileiro |
Em Itaquera |
Sob o comando de Osmar Loss |
O Corinthians em 108 anos de história |


2 thoughts on “Jogo 5.767: No aniversário de 108 anos, Timão apenas empata com o Atlético-MG

  1. A Fiel já perdeu a paciência com o Lost, o perdido de Itaquera. A diretoria tá esticando essa corda. Uma hora ela estoura. Espero que a diretoria esteja certa em apostar no Lost. Mas a realidade até agora vem mostrando que essa aposta está errada. Enquanto isso a Fiel paga caro no ingresso e o time não joga porra nenhuma. Não dá pra falar mal do elenco, que está no mesmo baixo nível dos outros times brasileiros. O que falta é um técnico que saiba fazer esses jogadores jogarem o que sabem. Dizem que o Lost é um grande estudioso de esquemas táticos. Mas é péssimo no relacionamento com os jogadores. Técnico que não ganha no vestiário também não ganha nas quatro linhas.

  2. O Loss pode ser um grande estudioso, mas perdeu o caminho a ser trilhado. Entrar novamente com dois volantes de marcação, colocando o Araos avançado e sem permissão para voltar e armar o jogo é o cúmulo do absurdo até mesmo para nós que não somos profissionais do futebol. Resultado? Os quatro homens avançados ficaram encaixotados pela defesa do adversário!!! Podendo jogar com Araos de segundo volante e o Matheus Vital na armação, teríamos um time jovem e forte na marcação de meio-campo!!!
    Teremos que esperar para ver qual a paciência que vai acabar primeiro, a da diretoria ou a da Torcida Organizada.
    Espero que seja a da diretoria, antes que a Fiel aterrorize os jogadores, esse elenco tem muito bons jogadores e grandes promessas. Perdê-los por incompetência da comissão técnica e da diretoria seria muito ruim para o clube.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *