Jogo 5.765: Diante do lanterna, Corinthians finalmente volta a vencer

corinthians 1 x 0  parana

O Corinthians venceu o lanterna Paraná Clube pela contagem mínima na noite deste sábado em Itaquera e voltou a vencer pelo Campeonato Brasileiro depois de quatro amargas rodadas de jejum.

De cabeça, o zagueiro Henrique marcou o gol da vitória aos 35 minutos de um primeiro tempo sofrível, acabando com uma seca de gols que já passava de 200 minutos de bola rolando, tanto pelo Brasileirão quanto em Itaquera.

O gol no lance de bola parada deu alguma tranquilidade e o Corinthians passou a criar mais e melhores jogadas, especialmente no segundo tempo. O segundo gol não veio, mas o Corinthians praticamente não foi ameaçado.

Ainda que tenha sido uma vitória magra e o futebol apresentado, fraco, o resultado vale três pontos e tem relevância para a sequência do trabalho de um time desmanchado e com a confiança em baixa.


Artilheiro do jogo: Henrique |
| Contra o Paraná Clube |
O Corinthians em 2018 |
Pelo Campeonato Brasileiro |
Em Itaquera |
Sob o comando de Osmar Loss |
O Corinthians em 107 anos de história |


2 thoughts on “Jogo 5.765: Diante do lanterna, Corinthians finalmente volta a vencer

  1. Jadson foi o melhor em campo. Henrique raçudo. Fagner aquém do que sabe fazer. Douglas não é jogador pro Corinthians. Ralf precisa melhorar, mas tem autoridade. Roger precisa tirar a zica. Teve duas bolas de gol, uma de cabeça e outra no pé direito, e perdeu as duas. Pedrinho parece desmotivado. Clayson corre muito mas não produz nada. Avelar é limitado. Pedro Henrique ainda precisa evoluir. Tem horas que dá pane. Os goleiros são bons, mas tenho a impressão de que o Cassio tá meio fora de forma. O Loss não sabe armar o time. Pedrinho e Clayson jogam pelas laterais avançadas do campo, mas não têm ninguém pra fazer jogada com eles. Ou seja, eles deveriam servir o centroavante mas não conseguem. Também não entram na área. Jogam sozinhos. Isso é problema do técnico porque são dois jogadores velozes e habilidosos. O Loss não tá sabendo tirar dos jogadores aquilo que eles têm de melhor. O Corinthians jogou melhor no segundo tempo, mas curiosamente as melhores oportunidades de gol saíram no primeiro tempo. O time tá afobado e com dificuldade de sair jogando quando o adversário marca sob pressão. Ainda acho que o Loss não tá sabendo fazer o time jogar o que pode.

  2. Eu não coloco mais o desempenho do time na conta do desmanche. Tirando o Jô, esse time é equivalente ao que foi bicampeão paulista e campeão brasileiro, a questão é que o Loss não está sabendo utilizar as peças e se perdeu. Não tem mais convicção do que está fazendo. Não tivesse tido o desmanche, estaríamos do mesmo jeito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *