Jogo 5.115: Timão cumpre o dever de casa contra o Coxa

corinthians 2 x 0 coritiba

O Corinthians cumpriu o dever de casa ao derrotar o Coritiba por 2 x 0 na noite deste sábado no Pacaembu em partida válida pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro de 2009, proporcionando assim estabilidade para a disputa da decisão da Copa do Brasil contra o Internacional.

Enquanto não acontecem as finais, marcadas para 17 de junho e 1 de julho, a preocupação do técnico Mano Menezes passa a ser a de colocar em campo um time com capacidade suficiente para manter o Timão no rumo sem atrapalhar a preparação.

No último minuto do primeiro tempo da partida de hoje, disputada em horário esdrúxulo por causa do jogo da selecinha, o atacante Souza finalmente marcou um gol com bola rolando e abriu o placar. Aos 10 da etapa complementar, o meia Douglas, que iniciou a jogada do primeiro gol e tem voltado a apresentar um futebol aceitável, concluiu de cabeça um cruzamento de Wellington, o Saci, e pôs números finais ao marcador.

Depois de abrir 2 x 0, o Corinthians entrou numas de errar um passe atrás do outro e quase ajudou o Coritiba a se reabilitar, mas depois de uns dez minutos nessa piração o time recobrou o controle e não teve mais problemas.

Novamente com time misto em campo, destaque para o retorno, depois de quase dois anos afastado por problemas médicos, do bom Marcelo Oliveira. Ele foi improvisado na lateral esquerda e jogou muito bem enquanto esteve em campo. O volante Jucilei voltou a entrar e também apresentou bom futebol.

Entre os titulares em campo, Alessandro, Chicão, Elias, Cristian e Douglas estiveram bem. Ainda incomoda um pouco o fato de o time se esforçar de acordo com a dificuldade imposta pelo adversário. Essa parece ser uma característica imutável desse time do Corinthians. Mas o importante é o resultado – e a tranquilidade que ele dá para a decisão da Copa do Brasil.


Artilheiros do jogo: Souza e Douglas |
| Contra o Coritiba |
O Corinthians em 2009 |
Na história do Campeonato Brasileiro |
| No Pacaembu |
Sob o comando de Mano Menezes |
O Corinthians na história |


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *