Jogo 5.686: Mesmo roubado, Corinthians é campeão antecipado do 1º turno

corinthians 1 x 1 flamengo

Mesmo com mais um gol legítimo erroneamente anulado, o Corinthians empatou com o Flamengo por 1 x 1  na tarde deste domingo em Itaquera e estendeu a 32 partidas sua atual série invicta – agora isolada como a segunda mais longa de toda a história alvinegra. Enquanto isso, ao manter-se invicto até a 17ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians superou o recorde ostentado pelo Flamengo desde 2011 de 16 partidas sem ser batido a partir do início da competição na era dos pontos corridos. De quebra, com o empate entre Grêmio e Santos em Porto Alegre, o Timão manteve a vantagem de oito pontos sobre o vice-líder e tornou-se o campeão simbólico do primeiro turno com duas rodadas de antecedência.

O Timão partiu para cima do rubro-negro logo de cara e chegou às redes aos 12 minutos, com Jô. Todo o ataque transcorreu de maneira regular, com mais de metro de condição de jogo, mas a apitagem achou melhor invalidar o gol, assim como aconteceu contra o Coritiba.

Agora são três os gols legítimos do Corinthians erroneamente anulados no Campeonato Brasileiro de 2017, sendo que dois deles custaram quatro pontos ao Timão. Significa apenas que este primeiro turno alvinegro seria ainda mais impressionante do que já é. E vale lembrar que este é o segundo jogo seguido contra o Flamengo em que a arbitragem garfa o Timão.

Aos 22, Jô marcou novamente e desta vez a apitagem permitiu à Fiel soltar o grito de gol. Ao fim do primeiro tempo, a impressão generalizada em Itaquera era de que o 1 x 0 tinha ficado barato, até pelo erro de apitagem.

Na etapa complementar, entretanto, o Flamengo ajustou a marcação e passou a ameaçar, até que chegou ao empate com Réver, o que deixou o jogo um pouco mais aberto, mas sem mais movimentação de placar.


Artilheiro do jogo: Jô |
| Contra o Flamengo |
O Corinthians em 2017 |
Em Itaquera |
Na história do Campeonato Brasileiro |
Sob o comando de Fábio Carille |
O Corinthians em 106 anos de história |


One thought on “Jogo 5.686: Mesmo roubado, Corinthians é campeão antecipado do 1º turno

  1. Nem vou falar da roubalheira porque até os comentaristas da famigerada Globo, que torciam abertamente pelo adversário, disseram que o bandeirinha cometeu um “erro crasso e grosseiro”. Quero só repetir o que venho dizendo desde o início do ano: Guilherme, Marquinhos Gabriel e Giovani não servem pra jogar do Corinthians. O Guilherme foi embora. O GA teve chance de jogar no Sul, mas além de grosso e bunda-mole é também um bosta porque não quis ir. E o MG continua lá, oscilando péssimas atuações com algumas razoáveis. Com esses caras em campo, a única coisa que resta ao corinthiano é torcer pra que eles não façam cagada. Mas fazem. Além de não agredirem a meta adversária, só sabem jogar na faixa do meio de campo onde dão passes de lado ou perdem a bola, armando o contra-ataque adversário. No jogo de domingo, no segundo tempo, GA foi o bosta de sempre, e o Rodriguinho ainda não voltou da seleção. Com os dois não jogando nada, os excelentes Maycon e Gabriel ficaram sobrecarregados e o adversário mandou na bola. O Corinthians só não foi derrotado no segundo tempo porque um adversário perdeu um gol feito na cara do Cassio, porque o Cassio fez mais uma defesa milagrosa numa cabeceada e porque a trave salvou um quase gol contra do Pedro Henrique. Enfim, o campeonato tá no meio. O pior que pode acontecer no fim deste primeiro turno é o Corinthians terminar em primeiro lugar com dois pontos na frente do adversário. Então, é mais do que hora de perceber que não dá pra jogar com GA e MG. E conversar com o Rodriguinho pra saber porque ele não tá jogando nada. E que falta fez o Romero nesse jogo… Enfim, o Timão tá invicto, já é o campeão antecipado do primeiro turno, merece todos os elogios. Mas o cenário começa a mudar com os adversários sabendo como o Corinthians joga e com as contusões que estão aparecendo. É o momento de analisar bem essa realidade e saber com quais jogadores o Corinthians pode realmente contar. MG e GA não servem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *